Categoria: Geriatria

SBA Residencial na mídia – Programa Mulheres

O tema “Prevenção de Quedas na Terceira Idade” foi pauta em destaque no Programa Mulheres da TV Gazeta, onde a médica geriatra e coordenadora de saúde do SBA Residencial, Dra. Daniela Gomez, foi entrevistada por Cátia, apresentadora do programa.

Durante a entrevista, Dra. Daniela respondeu perguntas ao vivo e demonstrou através de objetos, os cuidados especiais que é preciso ter com os idosos dentro de casa, como adaptação de cômodos e utilização de sapatos anti-derrapantes.

Veja nas imagens abaixo como foi o programa e clique no link para assistí-lo 

https://www.tvgazeta.com.br/videos/saude-quedas-na-terceira-idade/

 

Entrevista Programa Mulheres – TV Gazeta 3-4-2017 / Google Photos

 

 

Precisamos falar sobre o envelhecimento, encare o envelhecimento como a melhor fase de sua vida

Precisamos falar sobre o envelhecimento, encare o envelhecimento como a melhor fase de sua vida

De acordo com o relatório Global Age Watch Index 2015 (o próximo será realizado em 2018), organizado pela Help Age International, o Brasil está no 56º lugar no ranking de melhores lugares para os idosos viverem. Em nosso País, as pessoas com idade acima de 60 anos têm, em média, 21 anos a mais pela frente, o que está compatível com a média mundial. A pesquisa leva em conta o ambiente onde os idosos vivem, sua educação, a renda e a saúde.

Entretanto, envelhecer é algo para o que poucos estão preparados ou se preocupam. As cidades, o governo e a família, não se preparam para oferecer suporte às pessoas que chegam a esta fase tão especial de suas vidas. Esta deveria ser uma fase para viver intensamente e com tranquilidade, devido ao fato de ter passado por tantas experiências.

O posicionamento brasileiro na pesquisa comprova esta incapacidade, já que brasileiros de qualquer idade são afetados por problemas, como falta de segurança, dificuldades de acesso ao transporte coletivo, insuficiência de atendimento na rede pública de saúde, entre outros.

Planejar a velhice depende de um misto de atitudes ao longo da vida, e uma série de preocupações que proporcionarão um envelhecimento com mais tranquilidade. Para não sofrer com momentos desagradáveis, o foco deve ser a prevenção de problemas diversos que afetam aspectos financeiros, familiares e sociais, entre outros.

 

Qualidade de vida

O valor como cidadão parece decair com os anos. Muitos idosos enfrentam problemas como a falta de uma ocupação saudável que ajude a mantê-los ativos, atividades de acordo com suas necessidades físicas, abandono de familiares e falta de convívio social.

Com uma programação apropriada, torna-se mais simples remediar as limitações físicas, cognitivas e intelectuais que surgem neste período. Os cuidados com pessoas idosas são especiais, pois muitas doenças que os acometem são crônicas. Para isso, a prevenção e detecção precoce das doenças evita muito sofrimento.

O idoso precisa ter seu espaço na sociedade, suas opiniões respeitadas e diversas oportunidades para continuar dando razão a sua vida. As pessoas precisam pensar na velhice e se organizar para viver com a tranquilidade que merecem, afastando os riscos de doenças de todos os tipos, como a depressão e o Alzheimer.

Há certo preconceito contra doenças mentais e muitos acham normal o idoso apresentar um quadro desses, o que não é verdade! A depressão é uma doença mental que também pode acometer os mais velhos. Os sintomas são pensamentos “ruins”, sentimento de inutilidade e falta de esperança em relação ao futuro. Esta doença tem muitas causas, como fatores biológicos e sociais.

Outros problemas podem surgir com o avanço da idade, como o Alzheimer, doença neuro-degenerativa que compromete a memória e outras funções mentais. Suas causas ainda são desconhecidas e não há cura, mas existe tratamento para atenuar algumas consequências. Para lidar com males como esses, nada melhor do que um local tranquilo para passar seus dias com acesso fácil a atendimento médico.

 

Investimento no futuro

A preparação para a velhice é mais uma necessidade real, já que houve um aumento significativo na expectativa de vida causado pelos avanços médicos e tecnológicos. O convívio social é um fator muito importante, pois ter com quem dividir alegrias e tristezas é uma vitória! Manter velhas amizades e fazer novas, é sempre bom para manter o coração e o cérebro ativos.

Para fugir dos asilos, uma opção é mudar para um condomínio residencial que ofereça infraestrutura e que incentive diversas atividades e interação entre os condôminos desta faixa etária. Em São Paulo, no bairro do Butantã, existe um local dedicado às pessoas desta faixa etária, mas com uma abordagem diferente.

Com o intuito de proporcionar maior autonomia e promover o bem-estar, a SBA (Sociedade Beneficente Alemã) criou o SBA Residencial. Neste condomínio, os idosos recebem atendimento médico quando necessário, e participam de eventos sociais e culturais para se sentirem incluídos e fazer novas amizades. O local, que ocupa 27 mil m², também conta com salão de beleza, restaurante, auditório, cafeteria, lago e trilhas que incentivam a caminhada e a prática de exercícios.

Gostaria de saber mais informações sobre como viver bem sua velhice ou quer achar um local bacana para alguém que você ama viver com alegria sua melhor fase? Então clique baixe nosso e-book A Hora de Decidir!

cta_e-book_hora_de_decidir_sba_residencial_baixe_aqui_sem_baixe_aqui

Chá Filosófico promove diálogos interessantes

O tema “alegria” foi escolhido para a roda de conversa do mês de fevereiro, no já tradicional Chá Filosófico. Conduzido pela psicóloga da SBA, Daniela Bernardes, o último tema não podia ser mais apropriado para uma segunda-feira de carnaval.

Durante a sessão, questões reflexivas foram levantadas como: O que gera alegria? Qual seu sentido em nossa vida? Como a alegria é expressada?

O Chá Filosófico objetiva levantar reflexões sobre a vida, sobre o sentido do envelhecimento, sobre comportamentos e os sentimentos. “O intuito do projeto é promover a ressignificação de emoções e das experiências de vida”, destaca a psicóloga.

O projeto tem recebido retornos positivos dos participantes, como destaca o morador Sr. Giorgio: “Tenho acompanhado com interesse as sessões de Chá Filosófico. Gosto da escolha dos assuntos, do material apresentado, e de como as sessões são conduzidas. Realmente, um excelente trabalho. Parabéns!”.

Um dos poemas lidos e discutidos durante o Chá:

Era prazer? Era.
Mas era mais que prazer. Era alegria.
A diferença? O prazer só existe no momento.
A alegria é aquilo que existe só pela lembrança.
O prazer é único, não se repete.
Aquele que foi, já foi. Outro será outro.
Mas a alegria se repete sempre.
Basta lembrar.
(Rubens Alves)

 Vejam as fotos da ação clicando na primeira imagem.

Chá Filosófico 27/02/17 / Google Photos

DEPARTAMENTO DE VOLUNTARIADO

Hoje nos orgulhamos de ter um Departamento de Voluntariado em pleno vapor.
A SBA tem, desde setembro de 2016 um departamento estruturado de voluntariado, dividido em setores:
O Setor de Festividades, que organizam os eventos como Café do Advento, Festas de aniversários, Jantares para socialização, que já fazem parte do dia a dia do SBA Residencial há anos. Estas Festividades trazem harmonia e animação junto aos moradores.
O Setor Visitação criado em novembro/16, atualmente conta com 9 Voluntários que apoiam nossos moradores nas rotinas diárias, incentivando a participarem de eventos, atividades, e também realizando visitas nas moradias.
Este grupo de Voluntários estão no SBA Residencial nas segundas, terças, quartas e sábados para visitar, conversar e integrar os moradores.
Nosso objetivo, como SBA, é crescer com o Novo Voluntariado criando novos setores, trazendo alegria e proporcionando bem-estar aos nossos residentes.
Se você conhece alguém que queira ser Voluntário, agora é o momento. Novas inscrições estão abertas.
Ligue para 3724-9774 e pergunte para a, Ana Claudia ou Adna, como fazer para se inscrever .
Veja fotos clicando aqui

Interação com cães é promovida no SBA Residencial em parceria com a Nestlè

Moradores do SBA Residencial, receberam com entusiasmo mais uma ação organizada pela coordenação de saúde e a empresa Nestlé, a “Tarde de convívio entre cães e idosos”.

Os orientadores presentes trouxeram seus fiéis colaboradores de quatro patas Pancho, Fred, Olívia, Monet e Balú, na sexta-feira (28/10). Animais muito bem tratados e treinados para interagir com idosos. Além dos cuidados fundamentais de higiene e saúde, os cães recebem adestramento específico para reagir positivamente aos estímulos dos humanos e também incentivam as pessoas a brincar e se movimentar.

Foi uma tarde onde os moradores puderam acariciar, brincar e observar a docilidade e inteligência dos ‘melhores amigos do homem’ através de um show de agility que encantou a todos os presentes.

“Essas Interações Assistidas por Animais (IAA) trazem vários benefícios aos idosos como a sociabilidade, a melhoria nos aspectos emocionais e na função cognitiva, além de oferecem momentos lúdicos e prazerosos com os cães”, ressalta a geriatra e coordenadora de saúde, Dra. Daniela Gomez.

Thomas Polisaitis, gerente-geral da SBA, destaca que terapias como essa são muito bem recebidas pelos moradores. “Tenho dois cães e sei o bem que me fazem. São animais historicamente muito ligados ao homem e não tenho dúvida de que a terapia traz mais bem-estar aos nossos moradores. Agradecemos muito à Nestlé por mais uma parceria de sucesso”.

Clique na primeira foto para acessar o álbum.

Tarde de convívio entre cães e idosos / Google Photos

 

Moradoras austríacas são homenageadas

Celebrar suas raízes e sua cultura é reviver momentos de vida recheados de histórias e de significado. No dia nacional da Áustria, cinco moradoras austríacas do SBA Residencial, assistiram a um vídeo com belas imagens de atrações turísticas que mostram como esse país soube integrar harmoniosamente a modernidade com a tradição, dando à Áustria um aspecto único. Uma das moradoras, Sra. Grete, completou 106 anos de vida, e o gerente geral, Sr. Thomas Polisaitis, fez questão de começar por ela as homenagens do dia. Sorrisos, agradecimentos e convite para desfrutar do cardápio especial encerraram a festa.

Confira clicando na primeira imagem abaixo.

Moradoras austríacas são homenageadas / Google Photos

Dia Mundial da Osteoporose

OSTEOPOROSE  – Fatos e Números

A Osteoporose afeta hoje 10 milhões de pessoas – homens e mulheres – no Brasil. É uma doença silenciosa, assintomática, diagnosticada apenas por exames complementares.

Fatores de risco: envelhecimento, hereditariedade, sedentarismo, dieta pobre em cálcio, tabagismo e excesso de álcool.

Exames de rotina:

Necessidades diárias de cálcio: 1000mg (um mil) por dia. A suplementação deve ser prescrita pelo médico, com base na alimentação do paciente. Somando alimentos e suplementos, devemos ingerir 1000mg por dia.

Fraturas: podem ocorrer quando o osso está fraco, mesmo que não haja queda ou impacto. Ocasionalmente, o paciente cai porque teve uma fratura, e não o contrário.

Osteopenia: Situação caracterizada pela diminuição da massa óssea que acarreta ossos mais frágeis e se não for tratada pode evoluir para osteoporose.

Prevenção e tratamento: prática de exercícios físicos, ingestão prescrita pelo médico de cálcio e vitamina D, exposição da pele sem protetor solar ao sol diariamente, por 10 a 15 minutos.

Fonte: Coordenação de Saúde do SBA Residencial, Dra. Daniela Gomez, geriatra.

Fotografia do site: http://fidi.org.br/dia-mundial-de-combate-a-osteoporose

 

SBA na Mídia – Mercadoterapia

Mercadoterapia foi o tema abordado pela Revista Da Hora, no último domingo (16/10), em que mais uma vez, o SBA Residencial contribuiu com sua referência no cuidado com idosos.

A Médica Geriatra e Coordenadora de Saúde da SBA, Dra. Daniela Gomez, destacou os benefícios dessa terapia. Confira abaixo alguns destaques da reportagem de Lais Oliveira:

“Ao frequentar o mercado, o idoso exerce sua autonomia, o que lhe dá a sensação de bem-estar e de estar vivo. Essa vivência faz parte da terapia aplicada com nossos residentes, para que todos estejam sempre em contato com o cotidiano e continuem com seus hábitos”

“O simples planejamento do que vai ser levado para casa, bem como o cáculo da quantidade para fazer determinada receita ou para repor a despensa, já são ótimos exercícios para a mente. A pesquisa e a soma dos preços, assim como a escolha dos produtos também. É uma atividade de estímulo cerebral e pode melhorar a cognição”, destaca Daniela. “Há quem caminhe diariamente até o mercado. Se levarmos em conta que 30 minutos diários de caminhada reduzem riscos de doenças cardiovasculares, podemos considerar uma atividade física representativa, acrescenta a geriatra.

Leia mais no link. Clique aqui

O arquivo completo pode ser acessado em nosso Google Drive clicando aqui

 

sba-residencial-na-midia-revista-da-hora-16out2016

SBA Residencial marca presença no 1º Simpósio Paulista de Clínicas e Residenciais para idosos

Com o tema “A prática geriátrica e gerontológica” foi realizado no dia 24 de setembro no auditório da Nestlé Brasil, o 1º Simpósio Paulista de Clínicas e Residenciais para idosos.

A equipe do SBA Residencial marcou presença no evento através de seus representantes Thomas Polisaitis, gerente geral, Anabete Colas, gerente comercial, Dra. Daniela Gomez, Coordenadora de Saúde e Samara Franco, nutricionista, que assistiram a conferência e a roda de conversa sobre os desafios da internação. Outros temas importantes integraram a programação científica como: “A arte da Desospitalização” e “Os primeiros 15 dias – integração, prevenção e provisão de cuidados”.